sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Informe Luz Espírita



Receba antecipadamente as mais importantes notas e notícias do Movimento Espírita e fique melhor informado das atividades da nossa Fraternidade, tudo isso, gratuitamente, através do nosso newsletter Informe Luz Espírita.

Cadastre seu endereço de E-mail em nosso Portal, pelo formulário localizado na nossa Home, ou na página de Antedimento.

Basta escrever o seu E-mail e clicar no botão Cadastrar. Você receberá uma mensagem em sua caixa-postal eletrônica pedindo para confirmar a assinatura do newsletter e, feito isso, você já estará cadastrado em nosso sistema.


Regularmente, nosso newsletter é emitido semanalmente.

Caso deseje parar de receber nosso informativo, basta cancelar a assinatura eletronicamente, informando seu E-mail cadastrado. Para tanto, clique no link "Desejo cancelar meu cadastro", logo abaixo daquele mesmo formulário de inscrição.


Um novo campo é carregado para que você possa informar seu E-mail.


Escreve o seu E-mail e clique em Cancelar.

Asseguramos que seu endereço eletrônico não é publicado e a utilização deste cadastro é exclusivamente para o recebimento do Informe Luz Espírita.

Enfatizamos que, assim como todos os serviços e atividades da Luz Espírita são absolutamente gratuitos, a distribuição de nosso newsletter é sem custo para os assinantes.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Eventos espíritas


Veja a relação completa dos eventos cadastrados em nosso sistema pela página Eventos Espíritas.
Programe-se, compartilhe e participe!







Suicídio crescente preocupa os organismos internacionais



O Portal de Notícias da Globo G1 publica uma matéria especial tratando de um assunto sempre delicado: suicídio. A questão elementar da reportagem é o crescimento desse tipo de atentado, fazendo uma chamada para a necessidade de se discutir o assunto em vista de prevenir esse mal, que nós, espíritas, sabemos melhor do que ninguém.


A matéria fala do perfil dos suicidas, do gênero predominante (no caso, o masculino), a faixa etária (atenção para o crescimento de suicidas na fase adolescente) as razões mais comuns e um pingue-pongue sobre mitos e verdades no entorno do tema, por exemplo, "Quem ameaça, realmente tem potencial para se suicidar?"

Clique aqui e veja a matéria "SUICÍDIO: é preciso falar sobre esse problema".

Segundo a World Health Organization, o suicídio (também chamado de autocídio) é a décima maior causa de morte no mundo, dizimando cerca de 1 milhão de vidas por ano. 60% deles se dão na Ásia, sendo mais corriqueiros nos na China, Índia e Japão. No entanto, o Ocidente vive uma onda crescente desse tipo de ato, muito em função da proliferação do uso de drogas e bebidas alcoólicas. No Brasil, a cada 100 mil habitantes, muito perto de 5 pessoas se matam anualmente.




Uma das maiores preocupações da Organização Mundial de Saúde é o desastroso legado do ato. Para cada um suicida, fica um trauma para um grupo de familiares e amigos mais ou menos extenso, danos esses incalculáveis que, não raro, incitam outros atentados.


Espiritismo e suicídio

Como dissemos, o espírita, melhor do que ninguém, pode calcular os prejuízos de se abreviar a própria vida, tanto pelo suicídio quanto pela eutanásia.

Já na sua obra basilar, "O Livro dos Espíritos" (veja aqui), Allan Kardec abordou o tema frontalmente, submetendo aos instrutores espirituais as questões mais relevantes a respeito. Na quarta parte do livro, sob o tema "Desgosto da vida - Suicídio", o codificador indaga, entre outras coisas, se a pessoa tem o direito de retirar a sua própria vida (questão 944), ao que segue a resposta dos Espíritos: "Não; esse direito só cabe a Deus. O suicídio voluntário é uma transgressão desta lei".

Em diversas partes desta obra, encontramos informações importantes, como a definição de suicídio involuntário, como o duelo ou em ocorrências nas quais o ser humano expõe-se perigosamente por uma causa banal ou mesmo sem propósito que não o de se pôr em risco.

Além das obras kardequianas, temos na literatura espírita clássica obras de incalculável valor, por exemplo, "Nosso Lar" (veja aqui), psicografado por Chico Xavier, pela qual o Espírito André Luiz narra as consequências de seus atos destrutivos, de uma vida desregrada, que lhe causaram a morte prematura, lançando-o a um horripilante lamaçal. E vejam que, nesse caso, foi "apenas" involuntariamente.

A obra-prima espírita sobre o assunto é mesmo "Memórias de um suicida" (veja aqui). Nela, encontramos uma narrativa espetacular sobre o drama vivido pelo Espírito Camilo Cândido Botelho após seu autocídio, ditado à médium Yvonne Pereira. No caso, o autor espiritual é um pseudônimo do famoso escritor português Camilo Castelo Branco, morto por suicídio em 1 de junho de 1890.

O escritor deliberou livrar-se do desgosto de conviver com a cegueira que o acometeu na fase madura da vida. Em uma carta remetida ao seu oftalmologista, ele assim descreveu sua desgraça:

"Sou o cadáver representante de um nome que teve alguma reputação gloriosa n’este país durante 40 anos de trabalho. Chamo-me Camilo Castelo Branco e estou cego. Ainda há quinze dias podia ver cingir-se a um dedo das minhas mãos uma flâmula escarlate. Depois, sobreveio uma forte oftalmia que me alastrou as córneas de tarjas sanguíneas. Há poucas horas ouvi ler no Comércio do Porto o nome de V. Exa. Senti na alma uma extraordinária vibração de esperança. Poderá V. Exa. salvar-me? Se eu pudesse, se uma quase paralisia me não tivesse acorrentado a uma cadeira, iria procurá-lo. Não posso. Mas poderá V. Exa. dizer-me o que devo esperar d’esta irrupção sanguínea n’uns olhos em que não havia até há pouco uma gota de sangue? Digne-se V. Exa. perdoar à infelicidade estas perguntas feitas tão sem cerimónia por um homem que não conhece."

Mal sabia ele que a desgraça maior, melhor, a "verdadeira desgraça" estava por vir, a começar pelo surpreendente desgosto de saber que ninguém mata a si mesmo, mas apenas destrói o corpo físico ao qual estava destinado a passar um curto período de tempo em vista da infinidade da vida espiritual.

A narrativa que segue em "Memórias de um Suicida" não serve como regra geral de consequências para todos os casos, pois há várias implicações de agravamento ou atenuação das responsabilidades para os envolvidos (aquele que se autoflagelou, aqueles que incitaram ou colaboraram direta ou indiretamente para o ato), entretanto, não deixa de servir como uma boa ilustração para começarmos a compreender a repercussão desse atentado à lei divina, que sempre consagra a vida.


A solução para o problema do suicídio

De maneira geral, o suicida — ou pretenso suicida — visa extinguir a vida na ilusão de que a morte (fenômeno físico) representa também o aniquilamento da vida consciencial. Isto é, de fato, uma concepção materialista (crença que a vida seja pura manifestação química dos órgãos materiais) e ignorância de que a vida seja um fenômeno espiritual, independente do corpo físico. Trocando em miúdos, falta de conhecimento e fé raciocinada. Em segundo plano, está o ato desesperado de alguém que, por desequilíbrio espiritual (beirando a fronteira da loucura), ainda que crente na espiritualidade, fraqueja diante das provas da vida, ou ainda suponha receber, por "graça divina", o perdão de seu ato pela suposta justificativa de um "sofrimento insuportável".

A proposta espírita diante disso é bem clara: conhecimento da natureza espiritual, pelo qual saberemos da justeza, sabedoria e bondade do plano de Deus para cada um de nós, o que nos oferece a força necessária para vencer as vicissitudes da vida (necessárias para a nossa evolução), tendo como propósito maior o nosso crescimento espiritual. Noutras palavras, é preciso que cada um faça o seu autodescobrimento e compreenda que a Criação é de fato um plano perfeito, sábio, bom e justo, tocando assim num ponto crucial para o bem-estar individual que é a "razão de viver", "um sentido para a própria vida" — que vai além de suplantar a dor diária, visto que, na maioria dos casos, o "pretexto" para se matar não passa de banalidade, ocorrendo entre pessoas fisicamente saudáveis, bem instruídas, estabelecidas financeiramente etc.

E essa formação espiritual, remédio definitivo contra o suicídio, nenhuma doutrina pode melhor oferecer do que o Espiritismo.

Como sugestões de leitura, além das obras supracitadas, acrescentamos "Terapia Espírita" (ver aqui) e "O Grande Encontro Filosófico" (ver aqui), ambos de Louis Neilmoris, que tratam da origem e essência dos males da vida, seus efeitos, bem como de como suplantarmos o sofrimento através de uma autoterapia, à luz da Doutrina Espírita.


Recomendamos também a palestra "Prevenção do suicídio" com André Trigueiro.



segunda-feira, 26 de setembro de 2016

É brincadeira, mas é sério! o Espiritismo com Humor dos Amigos da Luz


Eles nasceram como um grupinho de teatro escolar comum, em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, e agora são uma companhia reconhecida nacionalmente, levando a Doutrina Espírita de uma maneira inusitada — para não dizer "impensável": através da comédia. O canal deles no YouTube é um sucesso e os seus espetáculos teatrais já levaram humor e informação doutrinária a várias as partes do Brasil. Com vocês, os Amigos da Luz.



Para quem acabou de desembarcar de Marte e ainda não conhece o trabalho dessa galerinha, segue um vídeo com cenas da peça "Morrendo e Aprendendo":



Como dissemos, tudo é uma brincadeira, mas é sério! A mensagem que eles passam em suas peças são descontraídas, divertem sim, porém mandam um recado claro e prático do que o Espiritismo propõe. Com uma boa pitada de ironia e sarcasmo — próprio de quem faz humor — eles tocam nas "feridas diárias de cada um", encenando corriqueiros comportamentos negativos, tais como inveja, rancor, preguiça etc. Brincam ao expor as falhas humanas e ao mesmo tempo instruem, à luz da nossa doutrina, mostrando — sem perder a piada — alternativas para os relacionamentos e o enfrentamento das atribulações do dia a dia. Com essa pegada alegre, eles acabam promovendo o Espiritismo com muita eficiência e, de igual maneira, desmistificando a doutrina.

Portanto, é tudo muito divertido e instrutivo mesmo!

Um bom exemplo é o vídeo adiante, pelo qual temos uma paródia de uma clássica cena dos Trapalhões (Rede Globo) aborda a temática da preparação do Espírito para a reencarnação.



Sensacional, não?

Adiante, o vídeo da retrospectiva 2015, com um pouco da história pessoal do elenco e da trajetória do grupo:



Então, assistam aos vídeos, compartilhem os vídeos e divulguem o belo trabalho dessa turma incrível, mas real.

Visitem o site oficial dos Amigos da Luz.

Cadastro de eventos espíritas


Uma das novidades do nosso novo sistema web é a possibilidade de cadastramento informatizado de eventos espíritas, pelo qual, dirigentes de casas espíritas e promotores de eventos poderão preencher um formulário simples, com os dados do evento, inclusive enviar (quando houver) uma imagem do cartaz da atividade. O cadastro é salvo eletronicamente em nosso sistema e publicado no Portal Luz Espírita logo após a confirmação de um de nossos administradores.


Cadastrar um evento

Para fazer um cadastro, acesse a página Eventos Espíritas pelo menu principal do nosso Portal.


Na página referida, localize o quadro Publicar um evento e clique no botão Cadastrar.


Então um formulário é carregado.

Preencha esse formulário com os dados do evento, por exemplo: data, horário, local, endereço etc.

Para o horário do evento, você deve informar pelo menos o previsto para o início. Já o horário de encerramento é opcional.

Na descrição, informe o gênero do evento (palestra, seminário, curso, apresentação teatral etc.), o tema (da palestra, do treinamento ou apresentação artística) o nome dos protagonistas (palestrante, músico, grupo artístico etc.) e dados gerais, por exemplo, se há necessidade de pré-inscrição ou qualquer pré-requisito para o público.

Em Contatos e informações (opcional), você pode informar e-mail ou telefones da instituição que promove o evento, para que o público possa tirar dúvidas ou, quando necessário, fazer pré-inscrição para o evento. Portanto, essas informações serão publicadas no nosso Portal.

Logo mais, a pessoa que estiver cadastrando um evento deve informar seu nome e e-mail para que, caso seja preciso, a Equipe Luz Espírita possam entrar em contato, para confirmação ou correção de algum dado cadastrado. Essas informações não serão publicadas no Portal.

O formulário ainda oferece a opção de enviar um cartaz do evento. Para tanto, basta clicar em Escolher arquivo, carregar uma imagem do tipo JPG e, por fim, salvar o cadastro clicando no botão Enviar.

Feito isso, uma mensagem de confirmação é carregada.


Os eventos cadastrados e aprovados pela nossa equipe então são publicados em nosso Portal e demais mídias de divulgação do Movimento Espírita.

Ressaltamos que, assim como todos os serviços da Luz Espírita, esse trabalho de divulgação é totalmente gratuito.

Além disso, informamos que a responsabilidade pelos dados do evento é daquele que efetuou o cadastro. Assim sendo, para evitar transtornos para qualquer parte, é imprescindível certificar-se e informar os dados corretamente.


segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Relançamento do Portal Luz Espírita


Relançamento do Portal Luz Espírita

Site voltará a ficar disponível aos internautas a partir deste sábado, 24 de setembro, com muitas reformulações e repleto de novidades


Equipe Luz Espírita tem trabalho já há algum tempo na remodelação do seu Portal, inclusive com grandes novidades, para voltar a ficar online no sábado, dia 24 de setembro. Para dar início ao relançamento do Portal, será feita uma transmissão de vídeo ao vivo, através do Canal Luz Espírita no YouTube, pela qual um dos diretores da Fraternidade Luz Espírita, Rodrigo Félix, fará uma breve exposição sobre os novos conteúdos do Portal e os projetos que estão preparados para enriquecer ainda mais esse trabalho.
Então, anote na sua agenda: a transmissão será neste sábado, 24 de setembro de 2016, às 16h (horário oficial de Brasília), podendo ser acessada pelo Canal Luz Espírita no YouTube (clique aqui para ver) ou na primeira página do Portal Luz Espírita.
Não perca! Mas, só para ilustrar bem o que vem por aí, duas das novidades do relançamento do Portal, nós antecipamos aqui, nos itens logo a seguir.




A Enciclopédia Espírita Online é um compêndio especial que reúne verbetes sobre fatos, personalidades, obras e conceitos de interesse ao Espiritismo, em acordo com os princípios fundamentais da nossa doutrina, oferecendo-se assim como uma excelente fonte de estudo e pesquisa a respeito da Doutrina Espírita, do Moderno Espiritualismo e de tudo o que envolve a Natureza Espiritual.




O Portal Luz Espírita vai continuar publicando anúncios de palestras, seminários e demais eventos do Movimento Espírita. Agora, porém, os dirigentes das casas espíritas ou os promotores dos eventos poderão cadastrá-los diretamente pelo Portal, preenchendo um formulário simples com as informações, por exemplo: data, hora, local, descrição (nome do palestrante, título da palestra etc.) e contatos para informações ao público (telefone ou Email).

Novidades também para o público em geral: o novo sistema permite fazer uma busca avançada por eventos, por exemplo, pelo local do evento (cidade, estado e bairro), pelo nome do expositor etc.

Não esqueça: a transmissão será neste sábado, 24 de setembro de 2016, às 16h (horário oficial de Brasília), podendo ser acessada pelo Canal Luz Espírita no YouTube (clique aqui para ver) ou na primeira página do Portal Luz Espírita.


quarta-feira, 11 de junho de 2014

Poltergeist no Rio Grande do Sul chama atenção da imprensa




Reportagem do Portal G1 de notícias da Rede Globo apura caso de fenômenos físicos — classicamente chamados de Poltergeist — em uma casa da zona rural no Estado do Rio Grande do Sul.

Casa é demolida após exorcismo e fenômenos incomuns no RS
Segundo moradores, objetos se movimentavam sozinhos e pedras caíam. Policiais, assistentes sociais e até médium foram chamados ao local.

Acontecimentos incomuns foram presenciados em uma casa localizada na zona rural de um município – cujo nome não foi divulgado a pedido da família – da Região Norte do Rio Grande do Sul. Barulhos de socos nas paredes, pedras que caem no telhado e dentro da casa, mesmo com as portas e janelas fechadas, são alguns dos relatos dos moradores. O caso se tornou o principal assunto da cidade e mobilizou vizinhos e autoridades locais, como mostra a reportagem do Teledomingo (veja o vídeo acima).
Assustada e sem saber a quem recorrer, a família acionou a Brigada Militar, que foi ao local e, mesmo sem encontrar explicações para os fenômenos, registrou uma ocorrência. Os policiais se disseram espantados com os fatos observados. "Vimos pedras sendo jogadas ou caindo em cima do telhado da casa, nas paredes. O detalhe é que não quebrava a telha. Nas paredes, não ficava sinal nenhum dessas pedras", contou o Sargento João Aquino.

Família presencia fenômenos no RS (Foto: Reprodução/RBS TV)
Família presenciava fenômenos incomuns dentro de casa no RS (Foto: Reprodução/RBS TV)
Na residência, vivia um casal com três filhos, um menino de 8 anos e duas meninas, de 11 e 15 anos. "Jogavam pedras na casa, como uma chuva. A gente chamava a polícia. Ela vinha, olhava por tudo e não enxergava nada. A casa [estava] toda fechada e enchia de pedra dentro. Depois que acalmou um pouco as pedras, começaram a virar os roupeiros", relatou o casal, que prefere não ser identificado.
Vizinhos prestaram ajuda e chegaram a levar a família para outros locais, como um colégio próximo. No entanto, os acontecimentos teriam voltado a ocorrer. "Todo mundo está com receio. Deu para ver vários fenômenos, como pedras aparecendo sem ninguém jogar e objetos dentro de casa se movendo sem ninguém tocar. Utensílios domésticos saíram de um lugar para o outro. A gente procurou socorrer a família de várias maneiras. O fenômeno acabou acontecendo lá também", relatou o agricultor Valdir Antônio Marquioro, que vive perto da casa onde ocorriam os episódios.
O caso chegou a mobilizar uma equipe de assistentes sociais do município. Alertados sobre os eventos, eles foram até a propriedade para tentar ajudar os moradores. "Nós até teríamos uma explicação técnica e científica. Não vamos falar a respeito de fatos, de pedras voando. O que pode estar acontecendo é no âmbito psíquico. A partir daí, estamos voltando o tratamento para essa família", explicou a psicóloga Ariane dos Santos.
Além das pedras, a filha mais velha do casal começou a apresentar um comportamento estranho. "Um dia, o espírito levou ela para cima da casa, jogou-a para baixo e quebrou a telha", disse a mãe.
Ao saber do caso na cidade, o produtor de vídeos Gelson Luiz da Costa foi até o local movido pela curiosidade. Com uma câmera, fez imagens para registrar os fenômenos. No momento da gravação, uma pedra caiu dentro casa. Ele percebeu que a família precisava de ajuda e se empenhou para encontrar um médium para fazer um trabalho de exorcismo.

Fenômenos estranhos acontecem em residência (Foto: Fábio Almeida/RBS TV)
Fenômenos estranhos aconteciam em residência, que foi demolida no RS (Foto: Fábio Almeida/RBS TV)
O médium Nelson Júnior Paz disse ter exorcizado a garota. "O espírito se afastava da menina quando a gente chegava perto da casa. Então, eu me retirei para que ele baixasse nela e eu pudesse fazer o exorcismo. Também perguntei por que ele estava perturbando aquela menina, o que acontecia. A todo momento, ele dizia que queria a vida dela ou a propriedade de volta", afirmou.
Costa filmou o procedimento. Após o exorcismo, os moradores decidiram demolir a residência. "Estou com 65 anos e foi a primeira vez que vi isso. Nós queremos paz", desabafou o pai.
A família está sendo atendida pela assistência social do município, e a Federação Espírita do Rio Grande do Sul acompanha o caso.

Assista ao vídeo da reportagem clicando aqui.
O LIVRO DOS MÉDIUNS





Para entender as causas e as consequências dos fenômenos físicos, o guia mais indicado é "O LIVRO DOS MÉDIUNS", de Allan Kardec, livremente disponível na nossa Sala de Leitura.


"Aprendendo Espiritismo"

Assista também a série "Aprendendo Espiritismo", especialmente as videoaulas: 3, sobre "Mediunidade", e 10, sobre "Obsessão".

sábado, 7 de junho de 2014

Mensagem espírita "Esperança" (Irmão Matheus)

Mensagem espírita ditada pelo Espírito Irmão Matheus (Colônia Espiritual Maria de Nazaré, através da psicografia da médium Lúcia, em )25/05/2014.

Esperança
Amigos, como já escrevemos outras vezes, passamos por momentos de turbulência devido a fase de transição que nos encontramos.
Faz-se oportuno, que reflitamos sobre a ESPERANÇA, pois é através dela que alcançaremos a serenidade necessária para superarmos esse desafio.
Imaginemos agora o leito de um rio. Sem o leito as águas se perderiam ao redor e não teríamos o rio, não é mesmo? Como sabemos é o leito quem direciona o caminho a ser percorrido por ele. Se ao longo de seu leito acumulam-se detritos e sujeiras, o seu curso pode ser mudado, bem como, a qualidade de sua água, tornando-se poluída.
Vamos fazer uma analogia do leito de um rio com a esperança no nosso rio de evolução espiritual. Ao longo de nossa jornada vamos acumulando decepções, mágoas, resultados equivocados, desânimo dentre tantos outros obstáculos, nos impedindo de navegar. A cada dia fica mais difícil a caminhada, pois tudo isso que juntamos, se transforma em lodo e assim o leito desse rio vai lentamente morrendo.
Sem esperança, não conseguimos desenvolver a fé, nem as mudanças necessárias para o nosso amadurecimento. Lembremos meus amigos, que o nosso comportamento, ou seja, nossa maneira de ser (agir, falar e pensar) é fruto daquilo que acreditamos e, tudo ao nosso redor, (o mundo espiritual e o mundo físico), é influenciado por nossa postura.
A título de exemplo visualizemos aqueles pensamentos, palavras e ações de profunda decepção, derrotismo, mágoa e desânimo, o que acham que eles gerarão? Jesus já nos ensinava em suas parábolas que uma árvore boa não dá maus frutos, assim como uma árvore má não dá bons frutos, de onde Ele conclui que cada árvore é conhecida por seus frutos.
Se semearmos pensamentos negativos, colheremos maus frutos tais como o ódio, o desespero, a vingança, o desamor, o desequilíbrio. Mas quando elevamos o pensamento exercitando a Esperança, colheremos bons frutos como a paciência, a resignação, a fé, a alegria, o perdão e o amor.
Por isso dizemos que a Esperança, é capaz de propiciar a luz que irá motivar a transformação interior primeiramente, e depois a exterior, modificando o estado de sintonia que nos encontramos. É como se tivéssemos através dela a permissão para enxergar a beleza do mundo e das oportunidades que nos cercam pela ótica de nosso Criador.
Ainda é através da esperança que somos convidados a nos reanimarmos e nos fortificarmos com emanações provenientes do Pai, superando as dificuldades, levando a qualquer local que estivermos a alegria de um novo recomeço; a serenidade para aceitarmos o que não pode ser mudado, a coragem para modificar o que nos cabe e a sabedoria para encontrarmos o equilíbrio de vivermos nossa evolução espiritual da forma que fomos destinados, ou seja, dando um passo de cada vez.
É ela, meus amigos, que irá reacender a chama da Fé, e assim não apenas acreditarmos mas sabermos que o Pai nunca erra, que tudo é perfeito: estamos no momento que deveríamos estar e tudo existe por uma razão, de forma a ser utilizado em nosso amadurecimento espiritual. Portanto, nada é perdido ou desperdiçado. Tudo se transforma em oportunidade de aprendizado e crescimento.
Amigos, vamos usar toda a nossa Esperança, para gerarmos quadros mentais de alegria, beleza, serenidade, paz, harmonia e muito Amor, já que fomos criados para viver essa imagem de mundo de bem, criada por Deus a qualquer criatura.
Convido-os hoje e sempre a serem a esperança viva a qualquer um.
Sejamos assim como os servos de Maria que levam esperança e luz aos que não encontram mais razão para sorrir, esperar e sonhar. É dessa maneira que veremos o tempo de regeneração! Deixo-os com meu carinho e muita alegria.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Pesquisa científica "Como fica o cérebro no estado de transe"


Como fica o cérebro

no estado de transe

Pesquisa mostra redução da atividade em áreas relacionadas à criatividade e planejamento


Com tomografia, brasileiros investigam atividade cerebral de pessoas em estado de transe
Uma pesquisa1 brasileira e americana feita com dez médiuns e publicada na prestigiada revista cientifica americana Plos One observou que, quando estão psicografando, médiuns escrevem textos mais complexos do que quando estão conscientes. No entanto, usam menos as áreas do cérebro envolvidas em criatividade e planejamento. Durante a psicografia, os médiuns entram em transe e começam a escrever mensagens que, acreditam, foram ditadas por espíritos. O estudo foi apresentado pelo psicólogo clínico e doutor em neurociências e comportamento Julio Peres no 4º Simpósio Internacional de Medicinas Tradicionais e Práticas Contemplativas, promovido pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) em parceria com a Associação Palas Athena, que NAMU acompanhou. Entenda como foi feita a pesquisa:


Os cientistas conduziram os médiuns brasileiros até a Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, onde foram feitos os registros. Segundo o estudo, logo após entrarem em estado de transe e escreverem textos, os médiuns foram dirigidos a um aparelho de tomografia, no qual os pesquisadores “fotografavam” o cérebro. A ideia era descobrir se áreas relacionadas ao foco, planejamento, habilidade linguística e criatividade, mobilizadas pela escrita, recebiam um fluxo maior de sangue – indicador seguro de maior atividade.
Também pediu-se aos médiuns que eles escrevessem um texto durante 25 minutos. Novamente, após a atividade, tiveram seu cérebro examinado. As redações tinham temas parecidos com aqueles escritos durante o transe: a importância da espiritualidade, princípios éticos e a importância da aproximação entre ciência e espiritualidade.


Quando compararam as imagens dos cérebros em diferentes momentos, os pesquisadores notaram diferenças. Áreas relacionadas à criatividade e planejamento recebiam menos fluxo de sangue durante a psicografia do que durante a redação em estado consciente. No entanto, os textos produzidos pelos médiuns com mais experiência durante os estados de transe ganharam notas mais altas do que aqueles produzidos conscientemente.
As redações foram avaliadas por um especialista em língua e literatura brasileira pelos mesmos critérios utilizados em provas de vestibular. O especialista analisou pontuação, ortografia, concordância verbal e nominal, colocação de pronomes, desenvolvimento do tema e consistência, entre outros critérios. As áreas do cérebro ligadas à escrita que mostraram alteração no estudo foram as seguintes: cúlmen esquerdo, hipocampo esquerdo, giro ocipital esquerdo, cíngulo, giro temporal direito superior e giro pré-central.


Estado de dissociação
Segundo os autores do estudo, os resultados indicam a impossibilidade dos médiuns estarem fingindo ao criarem os textos mais elaborados – argumento usado com frequência para exlicar os transes mediúnicos. Fingir exigiria ativação dos circuitos relacionados à criatividade e planejamento.
Os médiuns relatavam estar com a mente relaxada, o que poderia explicar a menor atividade do cérebro em geral. No entanto, somente o relaxamento não explicaria o fato de as áreas ligadas ao processo cognitivo de criar um texto terem sido menos ativadas durante estado de transe.
Para os praticantes do kardecismo, a explicação é clara: espíritos estavam ditando os textos ou escrevendo através de suas mãos. Avaliar essa hipótese não foi, é claro, a função do estudo. Os cientistas defendem que os dados, introdutórios e feitos com uma pequena amostra, podem ajudar outros pesquisadores a entender melhor o que acontece durante os chamados estados de dissociação – nome dado pela psiquiatria a fenômenos como ouvir vozes, ter visões e mudar de personalidade. “A pesquisa aponta para potencial utilidade de estudos aprofundados sobre os estados dissociativos da consciência e experiências espirituais em aumentar nosso entendimento da mente e sua relação com o cérebro”, complementam Peres e os outros autores. 
Experiências de dissociação são comuns em diversas religiões, mas costumam ser estudadas na neuroimagem apenas quando constituem fator de risco para doenças psiquiátricas, afirmam os cientistas após revisão na literatura. Para os pesquisadores, faltam estudos mais modernos sobre o que acontece no cérebro de pessoas que entram em transe sem essas doenças. “Embora o estudo de experiências espirituais como a mediunidade seja seminal para o desenvolvimento da nossa compreensão atual da mente, sua relevância foi negligenciada por pesquisadores no século passado”, apontam. 

Fonte: NAUM

quinta-feira, 5 de junho de 2014

"Revendo conceitos" com Agnaldo Paviani


Quem conhece o trabalho do médium e palestrante espírita Agnaldo Paviani sabe bem como suas exposições são ricas de instruções doutrinárias e uma boa dose de humor, como instrumento didático, aqui muito bem aplicado.
Não fugindo desse padrão, compartilhamos com todos a videopalestra "Revendo conceitos", pela qual Agnaldo fala da nossa necessidade de reciclagem de conceitos, da substituição de coisas velhas e antiquadas por coisas novas e mais evoluídas.
Acompanhe e divulgue:


Programação Online da Web Rádio Luz Espírita

Contato Luz Espírita
Equipe Luz Espírita promove uma série de atividades online das quais você também pode participar, juntamente com sua família.
Os programas são transmitidos ao vivo para toda internet pela Web Rádio Luz Espírita e a sua interação conosco pelo chat que se abre na mesma Sala de Transmissão.
Clique aqui para abrir a Sala de Transmissão
Rádio Luz Espírita
Confira abaixo a programação conforme o horário de Brasília.
DOMINGO
10h.
Evangelho no Lar Online
SEGUNDA-FEIRA
21h.
Irradiação Fraterna Online
TERÇA-FEIRA
21h.
Palestra Espírita Online
QUINTA-FEIRA
21h.
Evangelho no Lar Online
SEXTA-FEIRA
21h.
Conversando o Evangelho

Saiba mais sobre cada programa online:
Evangelho no Lar Online
Programa Irradiação Fraterna Online
Palestra Espírita Online
Palestra Espírita Online